31/05/2019 às 16h43min - Atualizada em 31/05/2019 às 16h43min

Volta da venda de bebidas nos estádios já começa no jogo Coruripe x Salgueiro

Partida será disputada no Gérson Amaral, neste sábado (1), pela Série D; informação foi confirmada pela Federação Alagoana de Futebol

- Fonte: Gazetaweb
Volta da comercialização de bebidas nos estádios já terá início no jogo Coruripe x Salgueiro FOTO: DIVULGAÇÃO

Com a publicação no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (30) da Lei Nº 8.133, que dispõe sobre a autorização e a regulamentação da venda e do consumo de bebidas alcoólicas em eventos desportivos realizados em estádios de Alagoas, a partida entre Coruripe e Salgueiro, neste sábado (1), já será realizada com a comercialização de bebidas alcoólicas para os torcedores.

A informação foi confirmada pela assessoria da Federação Alagoana de Futebol (FAF), no início da noite desta quinta-feira (30). A lei foi sancionada pelo governador Renan Filho (PMDB). 

 

O jogo Coruripe x Salgueiro será disputado, às 19 horas deste sábado, no Estádio Gérson Amaral, em Coruripe, e é válido pela 5ª rodada da Série D do Campeonato Brasileiro.

Segundo o presidente da FAF, Felipe Feijó, a comercialização de bebidas no jogo de sábado já está autorizada. Agora a federação está se organizando com a questão dos bares nas praças esportivas, já para iniciar a vendagem das bebidas para os jogos de CSA e CRB, pela Série A e B, respectivamente. No caso, do CRB contra o América-MG, no sábado (8), e CSA contra o Botafogo, no domingo (9).

Vale ressaltar que as bebidas alcoólicas devem ser vendidas por ambulantes e comerciantes devidamente habilitados, mediante obtenção de alvará municipal específico, autorizados pela Vigilância Sanitária (VS). Não podem ser comercializadas em garrafas de vidro nem em latas. Tem que ser em copos de plásticos descartáveis, que não possam causar danos aos espectadores.

 

 

 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

73.2%
26.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp