27/06/2019 às 07h56min - Atualizada em 27/06/2019 às 07h56min

Primeiro-ministro japonês busca mediar divergências na cúpula do G20

Shinzo Abe afirmou que tendência é focar diferenças no plano externo

- Por: Agência Brasil
Issei Kato/Reuters/Direitos reservados
 

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, expressou sua determinação em buscar pontos de vista em comum entre os países participantes da cúpula do G20.

O premiê falou a jornalistas em Tóquio, hoje (27), antes de partir para a cidade de Osaka, no oeste do Japão, onde o encontro será realizado na sexta-feira e no sábado.

Abe afirmou que as pessoas tendem a focar nas diferenças na comunidade internacional, mas o Japão, como anfitrião, deve focar no que os países têm em comum e em questões com as quais possam estar de acordo.

Acrescentou ainda que espera que o G20 possa passar uma forte mensagem sobre a promoção do livre comércio, levando ao crescimento econômico global por meio de inovação, regras para a economia digital, contribuição para questões ambientais e empoderamento das mulheres.
Shinzo Abe disse que vai se encontrar com o presidente americano Donald Trump e com o presidente chinês Xi Jinping para confirmar a cooperação de ambos para uma cúpula de sucesso.

Acrescentou que deve ter uma conversa franca com o presidente russo Vladimir Putin após a cúpula para avançar o máximo possível as negociações de um tratado de paz.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

73.2%
26.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp