12/06/2019 às 22h02min - Atualizada em 12/06/2019 às 22h02min

Ato falho? Glenn Greenwald praticamente assume que ‘fonte’ de vazamento não é tão ‘anônima’ assim

- Fonte: Conexão Política
Foto: Reprodução/ Internet

Glenn Greenwald, um dos editores do The Intercept responsáveis pela matéria sobre vazamentos de mensagens entre Sérgio Moro e membros do Ministério Público, praticamente assume, em ato falho, que fonte de vazamento não é ‘anônima’. Em entrevista à Pública ele declarou:

“Nós ficamos muitas semanas planejando como proteger a nós e a nossa fonte contra os riscos físicos, riscos legais, riscos políticos, riscos que vão tentar sujar a nossa reputação.”

A questão é: se a fonte é anônima, qual a motivação se preocupar-se com a mesma? 

“[…] e sou alvo dessa campanha para me expulsar do país, chamando-me de inimigo do Brasil, ameaça a segurança nacional e que devo ser preso”, queixou-se o editor do Intercept.

As queixas ainda são direcionadas ao fato de, segundo ele, a Globo estar observando que houve um crime por parte da tal “fonte anônima”. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

73.2%
26.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp