14/05/2021 às 11h01min - Atualizada em 14/05/2021 às 11h01min

EUA retiram obrigatoriedade do uso de máscara para vacinados na maioria dos ambientes

A nova diretriz vem com o avanço da vacinação no país. A exceção é para hospitais e para o transporte público

Jornal Nacionai
Gazeta Web

Com o avanço da vacinação nos Estados Unidos, autoridades de saúde anunciaram uma nova diretriz histórica. Duas semanas depois de tomar todas as doses necessárias de vacinas contra Covid, os cidadãos não precisam mais usar máscaras na maioria dos ambientes fechados e abertos.

Era uma notícia que todo mundo queria ouvir há muito tempo. A diretora do Centro de Prevenção e Controle de Doenças dos Estados Unidos, Rochelle Walensky, disse que as pessoas totalmente vacinadas nos Estados Unidos não precisam mais usar máscaras em ambientes abertos ou fechados nem fazer distanciamento físico.

A exceção é para hospitais e para o transporte público. Mesmo quem está vacinado ainda precisa usar máscara em ônibus, trens, metrôs e aviões.

Ela disse que a medida foi possível por causa do aumento da vacinação e da queda no número de casos de Covid. Mais de 46% da população americana receberam ao menos uma dose de vacina.

Walensky mostrou os resultados de três estudos, um feito em Israel e dois nos Estados Unidos, que comprovaram eficácia das vacinas aplicadas nos Estados Unidos de mais de 90% na prevenção da doença e nas hospitalizações.


A diretora do CDC também reforçou que as vacinas são eficazes contra as variantes e que, nos casos raros de uma pessoa vacinada ter a doença, os sintomas são quase sempre mais leves, duram menos tempo e o risco de transmissão é menor.

A partir desta quinta, os repórteres da Globo que estão vacinados nos Estados Unidos vão parar de usar máscara durante as reportagens. Pelo menos, ao ar livre, como permite, por enquanto, o estado de Nova York. É que cada estado pode decidir se adota ou não a diretriz anunciada pelo governo federal.

 

Já foi assim na tarde desta quinta na GloboNews. As repórteres Carolina Cimenti, em Nova York, e Raquel Krähenbühl, em Washington, começaram a aparecer como antes da pandemia.

A medida do governo é vista como um incentivo à vacinação. A diretora do CDC fez um alerta: quem não se vacinou continua sob risco de sintomas graves e de morrer, além de espalhar Covid para outras pessoas. Por isso, ainda deve usar máscara e se vacinar imediatamente.

Desde abril, as vacinas já estão disponíveis para todos os maiores de 16 anos, em todos os estados americanos, e, a partir desta quinta, as doses da Pfizer passaram a ser aplicadas também em maiores de 12 anos - são 17 milhões nesta nova faixa etária.

Nesta quinta, o presidente Joe Biden disse que a flexibilização do uso de máscara é um marco na batalha contra o vírus, resultado das ações para aumentar a vacinação, que tem ajudado a recuperar a economia.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

71.8%
28.2%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp