25/02/2022 às 10h11min - Atualizada em 25/02/2022 às 10h11min

TJ “condena” duas vezes juiz Aldo com a aposentadoria por venda de sentença

Após uma década como juiz estadual, Aldo Ferreira da Silva Júnior recebe a punição máxima em duas sindicâncias e vai receber aposentadoria proporcional (Foto: Arquivo)
Pressionado pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça), o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul concluiu, na sessão de quarta-feira (23), o julgamento de dois PAD’s (Procedimento Administrativo Disciplinar) contra o juiz Aldo Ferreira da Silva. O titular da 5ª Vara de Família e Sucessões de Campo Grande foi condenado por venda de sentença com “aposentadoria compulsória” e terá direitos aos proventos proporcionais ao tempo de serviço.















ojacare.com.br
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp