07/02/2022 às 11h17min - Atualizada em 07/02/2022 às 11h17min

Família de Gabigol presta apoio ao jogador após episódio de racismo em jogo do fla: 'inadmissível', diz pai

A família de Gabigol, do Flamengo, prestou apoio ao jogador após ele ter sido vítima de racismo na última partida do rubro-negro. O episódio aconteceu ao fim do jogo contra do Fluminense, no estádio Nilton Santos, no último domingo. Em um vídeo que se espalhou pela internet é possível ouvir o gritos de "Macaco", direcionado ao atleta, de ao menos um dos torcedores que estava no local. Pai do jogador, Valdemir Silva, se manifestou através das redes sociais.

"Sim, meu filho. Orgulho da nossa raça. Inadmissível", começou ele, que chegou a postar um trecho do vídeo em que Gabigol é atacado. "Triste, muito triste, ver essas cenas com o nosso mundo tão evoluído. Deus ilumine e dê sabedoria para essas pessoas de corações tão amargurados. "
 

A mãe do craque, Lindalva Barbosa, também se pronunciou ao compartilhar a mensagem publicada por Gabigol em sua conta. Na postagem, ele diz: "Até quando? Até quando isso vai acontecer sem punição? Jamais vou me calar, é inadmissível que passemos por isso!! Orgulho da minha raça, orgulho da minha cor!".

Irmã caçula, do craque, Dhiovanna Barbosa também veiculou a mensagem do primogênito em seu perfil. Na internet, ela fez questão de prestar apoio ao jogador: "Orgulho de nós", consta de um recadinho carinhoso dela para Gabigol.
No Twitter, o Flamengo se posicionou "O Clube de Regatas do Flamengo repudia veementemente o episódio lamentável ocorrido na partida deste domingo com o atleta Gabigol, que foi vítima de racismo. O clube presta total solidariedade ao nosso atacante. Estaremos sempre ao seu lado, Gabi. Racismo é crime".








tnh1.com


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp