12/01/2022 às 10h39min - Atualizada em 12/01/2022 às 10h39min

Praia do Patacho, em Porto de Pedras, beneficiada com recursos federais para recuperação da orla

 

Importante destino de verão no Brasil, o Nordeste recebe milhares de turistas nacionais e internacionais todos os anos. A partir de recursos do Governo Federal, por meio do Ministério do Turismo, na ordem de R$ 14,3 milhões, orlas de algumas cidades da região vão receber obras de infraestrutura turística com o objetivo de oferecer uma melhor experiência aos visitantes.

Para o estado de Alagoas serão destinados R$ 9,5 milhões para pavimentação de acessos a praias. A Praia do Patacho, em Porto de Pedras, uma das mais conhecidas do país, única do Estado a ter o selo Bandeira Azul de sustentabilidade, receberá R$ 2,4 milhões para melhorias, como a pavimentação do acesso à praia, bancos em perímetros e ciclovias. A conquista chega após o longo trabalho do prefeito Henrique Vilela , ao apresentar ao ministro a necessidade de melhoria do destino, hoje um dos principais do país.

A orla do Pontal de Coruripe, por exemplo, que atrai turistas em busca das piscinas naturais formadas por corais e arrecifes, vai contar com R$ 4,7 milhões.

O município alagoano de Jequiá da Praia também será contemplado com R$ 2,4 milhões para dar continuidade às obras de pavimentação da orla lagunar. O projeto tem o objetivo de solucionar problemas de acesso e trafegabilidade, permitindo o aumento do fluxo turístico local.

Na Bahia, as cidades de Cabaceiras do Paraguaçu e Mucuri serão beneficiadas com R$ 2,4 milhões e R$ 481,8 mil, respectivamente. Na primeira, os recursos serão utilizados para a construção de uma ciclovia que vai integrar o centro da cidade à orla fluvial do Rio Paraguaçu.

A orla do cais do centro de Mucuri, por sua vez, contará com investimentos para melhorar a chegada e saída de pequenas e médias embarcações, com adequação de rampas, acessibilidade e construção de píer, proporcionando mais conforto e segurança a visitantes. A cidade está localizada na Costa das Baleias, que hoje possui um dos maiores potenciais turísticos do interior nordestino.

Já o Ceará vai receber R$ 1,8 milhão do Ministério do Turismo para a construção da orla da Lagoa do Arão, em Farias de Brito. O atrativo turístico natural é um dos principais pontos de lazer da cidade, localizada a cerca de 374 km da capital do estado, Fortaleza. O investimento será aplicado em uma nova praça, iluminação e arborização, além de pavimentação, muro de contenção aparente e calçadas.












ama-al

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

75.6%
24.4%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp