04/11/2021 às 13h08min - Atualizada em 04/11/2021 às 13h08min

​Porto Real do Colégio: Prefeito Aldo Popular é acusado de desvio milionário no SAAE

NCIA pede intervenção do Ministério Público

Prefeito Aldo Popular é acusado de desvio milionário no SAAE
 
O Núcleo de Combate à Improbidade Administrativa solicitou uma investigação criminal ao Ministério Público Estadual para apurar um esquema de desvio milionário na prefeitura de Porto Real do Colégio, envolvendo diretamente o prefeito do município Aldo Ênio Borges.



O departamento jornalístico investigativo do portal de notícias DDD82 entrou em contato com o prefeito Aldo Popular que confirmou que mais de 60 mil reais são arrecadados mensalmente pelo Sistema Autônomo de Água e Esgoto do município, autarquia comandado por sua assessora chamada carinhosamente por ele de “Sandrinha”, que se trata de Sandra Rufino Cabral.



O “X” da questão é que não existe depósito em conta bancária, e tudo fica na mão de um funcionário (Fernando Mariano dos Santos Miguel) que supostamente o repassa para o prefeito, acusação essa apresentada pelos vereadores que requereram abertura de uma CPI DA ÁGUA BATIZADA.



Ao fundamentarem o requerimento, os autores salientaram ser importante o aprofundamento das investigações acerca do fato através da constituição de uma CPI, com legitimidade e poderes específicos, com a finalidade de apuração e emissão de um relatório a respeito. Foi ressaltado que o Poder Legislativo exerce constitucionalmente as funções de controle externo e possui a legítima atribuição de fiscalizar os atos do Poder Executivo.



Ao final da exposição, os vereadores lembraram que a Casa Legislativa representa legitimamente a sociedade, a qual espera uma apuração imediata dos sérios indícios das irregularidades, que por si só indicam a necessidade da constituição de uma Comissão Parlamentar de Inquérito.



O rombo pode ultrapassar mais de 4 milhões de reais, revelou uma fonte da Câmara de Vereadores. Quem atua no município como Juiz de Direito é o magistrado Vinícius Garcia Modesto e como Promotora de Justiça Ariadne Dantas Meneses, que já tomaram conhecimento da CPI DA ÁGUA BATIZADA.



Os vereadores que compõem a CPI, são: Dinael de Souza Dantas Ramos, José Ricardo de Oliveira Filho e Leaudo Alves Vilela. Já quem preside a Câmara Municipal é o vereador José Tiago de Lira.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp