30/04/2021 às 10h40min - Atualizada em 30/04/2021 às 10h40min

​Alagoas: Juiz condena Promotor de Justiça à perda do cargo e direitos políticos

Promotor de Justiça Carlos Eduardo Baltar Maia — © Reprodução/Instagram
O ex-prefeito de Branquinha e promotor de Justiça, Carlos Eduardo Baltar Maia, foi condenado pela Justiça à perda do cargo público pelo crime de improbidade administrativa, durante a sua passagem de 2005 a 2008 pela prefeitura.


A sentença que condena Maia – conhecido no município como “Dadado” – foi proferida em 18 de março deste ano. Atualmente, ele atua como titular da Promotoria de Justiça de São José da Laje, para a qual foi nomeado em maio de 2017.


Pai do ex-prefeito de Branquinha Jairon Maia Fernandes Neto, o Jairinho Maia, Carlos Eduardo ingressou no Ministério Público do Estado em novembro de 1987.


A condenação foi comunicada pelo MPE nesta semana, por meio de um ofício da Corregedoria Geral de Justiça de Alagoas, e se deu no bojo da Ação Civil de Improbidade Administrativa n° 0000592- 58.2012.8.02.0045 que tramita na Vara do Único Ofício de Murici.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp