22/06/2019 às 07h11min - Atualizada em 22/06/2019 às 07h11min

O cantor e juiz de direito Dr. Ricardo Lima abrilhantou a festa de confraternização junina do TJ/AL

Ele que também é doutor em músicas nordestinas e a grande autoridade de uma banda de forró

- Por: Jal Magalhães
Imagens de Adriano Lima
 

A equipe do DDD82 marcou presença na confraternização junina do Tribunal de Justiça de Alagoas que aconteceu na última quarta-feira (19) no estacionamento interno da instituição.

O Arraiá do TJ reuniu magistrados e servidores para uma noite dançante, com muita comida típica.

“Estamos aqui todos num clima de muita alegria celebrando aquela que talvez seja a mais genuína das festas brasileiras que é o São João. É uma celebração muito bem-vinda porque reafirma a nordestinidade”, declara o Presidente do TJ/AL, Tutmés Airan.

E quem abrilhantou a noite dos convidados foi a banda “Autoridade do Forró”, comandada pelo juiz de direito Dr. Ricardo Lima.

Natural de Arapiraca, Ricardo Lima já participava de concursos musicais desde a sua infância e garantiu que em alguns até obteve êxito.

De 13 anos pra cá já compôs mais de duas mil músicas, mas só despertou mesmo para a carreira de cantor, apenas nos últimos 5.

Já possui três cd’s gravados, que são o “Nordeste em festa”, “Meu sonho” e o último “Um Pedaço de Alagoas”.




Já compôs música para 56 municípios e ainda pretende compor para todos os outros até completar os 102. “E se Deus quiser esse ano ou para o ano eu termino todas as músicas dos municípios de Alagoas”, afirmou o cantor.

“Hoje é a realização de um sonho porque eu trabalhei nessa casa, e trabalho, eu era serventuário e hoje sou juiz de direito, mas nas horas vagas gosto de cantar” e afirma que mesmo com a agenda cheia, conciliar as atividades apenas faz dele um profissional com desempenho ainda melhor.

Assista a reportagem de Alexandre Prado:


Imagens de Adriano Lima


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

73.2%
26.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp