10/06/2019 às 23h03min - Atualizada em 10/06/2019 às 23h03min

Polícia Federal e Segurança Pública assinam acordo para auxiliar investigações policiais em Alagoas

Parceria entre as instituições aumenta chances de identificar quem cometer crimes.

- Fonte: G1 AL
 

Uma parceria entre a Polícia Federal (PF) em Alagoas e a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-AL) vai permitir que os dois órgãos compartilhem dados que ajudarão nas investigações. A PF informou, nesta segunda-feira (10), que o trabalho em conjunto vai ser possível graças ao acordo de cooperação técnica, que representantes das duas instituições assinaram na última quinta (6).


Segundo o Delegado Regional de Investigação e Combate ao Crime Organizado, Everton de Oliveira Manso, trata-se do compartilhamento de bancos de dados de inteligência entre a Secretaria de Segurança Pública de Alagoas e a Polícia Federal.


De acordo com o delegado, o compartilhamento irá ajudar as investigações da PF e das Polícias Civil e Militar de Alagoas, pois possibilitará a consulta direta dos sistemas de informações desses órgãos pelos policiais envolvidos nas investigações.


“Em várias oportunidades, uma pessoa detida por um policial deixa de ser apontada como responsável por um crime em razão de não ser possível identificá-la através de, por exemplo, o apelido usado pela mesma. Nestes casos, agora, aumentará as chances de identificarmos os autores dos crimes", disse Everton de Oliveira Manso.


O acordo tem por objetivo a cooperação técnica e operacional entre as duas instituições. A proposta é desenvolver projetos e ações de interesse comum.


“Depois de um longo processo, assinamos este acordo que solidifica ainda mais a parceria entre as Forças de Segurança de Alagoas, integrando-as com o objetivo de aprimorar os trabalhos desenvolvidos”, destacou o superintendente Rolando Alexandre de Souza.


“Esse é um momento importante de integração das forças da área de Segurança Pública no caminho de um objetivo único”, disse o secretário Lima Júnior.


A assinatura do acordo ocorreu na sede da Superintendência Regional da Polícia Federal em Alagoas e contou com a presença do Superintendente Regional da Polícia Federal em Alagoas, Delegado de Polícia Federal Rolando Alexandre De Souza, do Secretário de Estado de Segurança Pública, Paulo Domingos de Araújo Lima Júnior, do Coronel da Policia Militar Marcos Sampaio Lima, Comandante Geral da PMAL, do Delegado Regional Executivo, Érico Barboza Alves e do Delegado Regional de Investigação e Combate ao Crime Organizado, Everton de Oliveira Manso.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

73.2%
26.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp