10/06/2019 às 17h57min - Atualizada em 10/06/2019 às 17h57min

Suspeito de obter 'nudes' teria feito vítimas em Alagoas e outros dois estados

De acordo com o delegado Thiago Prado, investigação já identificou dez vítimas de José Adelmo

- Fonte: Gazetaweb
Prisão de José Adelmo deve revelar novas vítimas do crime FOTO: DIVULGAÇÃO
 

A Polícia Civil já identificou dez vítimas de José Adelmo Oliveira da Silva, de 23 anos, suspeito de se passar por empresário para obter fotos e vídeos íntimos de mulheres, sendo duas delas de outros estados: uma de Sergipe e outra da Paraíba. 

Jose Adelmo foi preso, indiciado e vai responder pelo crime de falsa identidade e divulgação de imagem de nudez sem o consentimento da vítima. "A princípio, dez vítimas já foram identificadas, porém mais detalhes só ao longo do curso da investigação", explicou o delegado Thiago Prado, da Seção de Crimes Cibernéticos da Deic (Divisão Especial de Investigações e Capturas). 

De acordo com informações da PC, José Adelmo - que adotou o pseudônimo "Tiago" - usava imagens de um ator de filme pornô nas redes sociais para chamar a atenção e atrair as vítimas. Ele também é suspeito de divulgar as imagens na internet sem consentimento, estudava Psicologia e residia em União dos Palmares, no interior de Alagoas.

José Adelmo solicitava fotos das vítimas despidas e fazia imagens por meio de videochamada em que as mulheres mostravam as partes íntimas. Ele também deve ser investigado pelo crime de extorsão, já que o suspeito enganou as mulheres e obteve nudes.

 

 

 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

73.2%
26.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp