28/05/2019 às 01h44min - Atualizada em 28/05/2019 às 01h44min

Famílias que viviam em áreas de risco de Maceió são retiradas

Defesa Civil está em alerta para quadra chuvosa na capital, que concentra 76 áreas de risco

- Fonte: Gazetaweb
Defesa Civil afirma que Maceió concentra 76 áreas de risco | FOTO: ARQUIVO/GAZETAWEB

O período de chuvas chegou e com isso aumenta a preocupação em Maceió, que conta com 76 áreas de risco e cerca de 350 mil pessoas morando em localidades denominadas de assentamentos precários. Desde abril, quando iniciou a quadra chuvosa, sete famílias foram retiradas das casas. 

Em nota enviada à Gazetaweb, a Defesa Civil Municipal informou que está fazendo o monitoramento das áreas de risco e realizando a colocação de lonas em encostas para evitar deslizamentos no período chuvoso. 

 

No ano passado, a Prefeitura de Maceió fez a demolição de casas que ficavam em algumas localidades, como medida para evitar mais mortes como ocorreu na Grota Santo Amaro, parte alta da capital, onde em 2017 uma família foi soterrada.

A quadra chuvosa vai até julho. "Até o momento, nesta quadra chuvosa, a Defesa Civil Municipal encaminhou sete famílias para o benefício eventual auxílio-moradia. Em casos de risco de desabamento de imóveis, deslizamentos de barreiras e árvores com risco de queda, o maceioense pode entrar em contato com as equipes da Defesa Civil Municipal pelo 0800 030 6205 ou 193, do Corpo de Bombeiros.", informou a assessoria de comunicação da Defesa Civil Municipal.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

73.2%
26.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp