16/01/2022 às 09h17min - Atualizada em 16/01/2022 às 09h17min

A cada 24h, 253 motoristas são multados por uso do celular no DF

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) registrou um aumento de quase 31% nas infrações por uso de celular ao volante nas vias da cidade em 2021, quando comparado ao ano anterior. De acordo com o balanço, em 2020, foram 70.587 autuações. No ano seguinte, o número subiu para 92.482, o que dá 253 ocorrências a cada 24 horas.

Apesar de estar presente no dia a dia da população, na maioria das atividades, o aumento de multas por uso indevido do aparelho celular serve como alerta para a responsabilidade do motorista no trânsito.

“É preciso ter consciência dos riscos aos quais estamos submetidos ou submetemos outras pessoas ao utilizarmos o celular na direção de um veículo”, enfatiza Régis Otávio, diretor de Educação de Trânsito substituto.

Outra conduta que preocupa o órgão fiscalizador é o excesso de velocidade, que foi a infração de trânsito mais flagrada no DF em 2021. O levantamento aponta que, de janeiro a dezembro do ano passado, foram registradas 1.584.122 autuações por desrespeito aos limites de velocidade da via.

“O nosso intuito maior não é multar, mas educar os condutores, e a penalidade faz parte desse processo educativo para aqueles condutores que insistem em não cumprir as normas de segurança”, explica Zélio Maia, diretor-geral do Detran-DF.

O balanço chama a atenção, ainda, para o aumento no número de multas por falta de uso do cinto de segurança. Além de ser item obrigatório, o equipamento evita danos de maior gravidade e protege os passageiros do veículo em casos de acidente.
Ainda que seja indispensável, o departamento emitiu 98.750 infrações por não uso do dispositivo, em 2021. Esse tipo de autuação também teve um aumento significativo desde 2020, quando foram registradas 87.772 ocorrências do caso.




tnh1.com


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

75.6%
24.4%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp