15/01/2022 às 09h19min - Atualizada em 15/01/2022 às 09h19min

“Eu Amo a Lagoa”: cenário na orla começa a mudar com a conclusão da primeira etapa do projeto

Região recebe limpeza, reforma de calçada e ciclovia, além de obras de paisagismo e iluminação

Uma mudança de cenário começou a acontecer na orla lagunar de Maceió. A região, antes esquecida, passa por uma transformação. É o início de um processo de apropriação do espaço pelos moradores, com ações de limpeza, obras de paisagismo, reformas na calçada e ciclovia, iluminação, ordenamento de barracas e outras melhorias.

Os trabalhos fazem parte do projeto “Eu Amo a Lagoa” e foram iniciados na semana passada nos primeiros 500 metros da orla, que tem aproximadamente 5 quilômetros de extensão e foi dividida em dez partes. Uma força-tarefa da Prefeitura de Maceió realiza o serviço, com a integração de várias secretarias.

A área inicial fica entre a Escola Estadual Tarcísio de Jesus e o primeiro retorno da Avenida Senador Rui Palmeira. Por lá, as mudanças são visíveis.

E quem caminha pelo canteiro central da orla lagunar já percebe um visual diferente. Em vez de barro no chão, a Prefeitura espalhou pó de brita, uma espécie de areia branquinha, que dá a sensação de limpeza e mais luminosidade.
As árvores foram podadas e, ao redor delas, foi colocada uma compostagem feita, entre outros materiais, de casca de sururu, para aproveitar os rejeitos que antes eram empilhados à margem da avenida.

 

Quem aprovou a iniciativa foi a vendedora de lanches Marilene Gomes da Silva. Ela é comerciante no local há seis anos e disse que a mudança tornou seu local de trabalho mais agradável. “Achei mais organizado, mais bonito. Aqui sempre juntava muita sujeira, os garis varrem todo dia, mas sempre ficava uma sujeirinha e com a areia ficou mais agradável”, comemora.

Outra reivindicação da comerciante que também será atendida é a iluminação do local. A Superintendência de Iluminação (Sima) vai instalar luzes cênicas na cor verde, voltadas para as árvores. E, nos troncos, serão colocados balanços para as crianças.Do lado oposto ao canteiro, no calçadão, já foram recapeados 300 metros de ciclovia e também serão recuperados 100 metros de meio-fio, além de todas as áreas da calçada onde há buracos. A Superintendência de Transporte e Trânsito (SMTT) pintou seis faixas de pedestre na avenida e fará toda a sinalização horizontal.








secommaceio

 

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

75.6%
24.4%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp