23/05/2019 às 22h40min - Atualizada em 23/05/2019 às 22h40min

Ifal mobiliza Conselho Tutelar para averiguar ameaça de atentado feita por aluno

De acordo com uma nota divulgada pela direção do campus, o Instituto fará as devidas averiguações e medidas a respeito

- Fonte: Gazetaweb
Ameaças publicadas por estudante em um perfil falso nas redes sociais FOTO: REPRODUÇÃO

A direção do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), campus Satuba, soltou uma nota à imprensa prestando esclarecimentos a respeito de uma suposta ameaça contra os alunos, divulgada na manhã desta quinta-feira (23).

 

Nas redes sociais, um perfil falso divulgou imagens de um bilhete com a seguinte mensagem: "a seleção começou pessoal, você que está lendo isso provavelmente já está na lista. O jogo só tá começando. Bom, claro que as peças mais poderosas vão escapar do inevitável, mas os peões vão ser privilegiados porque vão ser caçados".

Segundo informações, o autor das mensagens foi identificado e uma equipe será destinada para prestar as devidas averiguações e medidas sobre as ameaças.

A Polícia Civil (PC) de Satuba, o 8º Batalhão da Polícia Militar (BPM) e o delegado de Crimes Cibernéticos Thiago Prado, negam ter conhecimento do caso.

Confira na íntegra a note divulgada pelo Ifal:

"Nota de esclarecimento sobre especulação de atentado no Campus Satuba

A Direção Geral do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) - Campus Satuba informa à comunidade acadêmica e em geral que, após a especulação de um possível atentado, estão sendo tomadas as providências para a sua elucidação.

O Conselho Tutelar foi acionado e, neste momento, o diretor geral e a equipe multidisciplinar do campus estão com o estudante e sua família em busca de maiores esclarecimentos. Todas as providências para a segurança do campus foram tomadas.

Será expedido um outro comunicado com maiores explicações assim que as obtivermos."


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

73.2%
26.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp