05/01/2022 às 10h59min - Atualizada em 05/01/2022 às 10h59min

HÁ QUATRO ANOS, PROGRAMA RONDA

Além da expansão recente para o Benedito Bentes, programa terá modalidade de policiamento com patinetes na Orla marítima

O Programa Ronda no Bairro completou quatro anos de atuação em Maceió esta semana. Criado em janeiro de 2018, através do Decreto Nº 57.008, o programa hoje atua nos territórios do Centro, Jacintinho, Orla marítima e, mais recentemente, no Benedito Bentes, contribuindo para a redução da criminalidade e da violência e trazendo novidades na forma de patrulhamento urbano, com os novos patinetes.

Com uma filosofia de proximidade, o programa tem como missão garantir tranquilidade às áreas comerciais dos bairros delimitados de atuação e das comunidades adjacentes, promovendo sensação de segurança e prevenindo a violência. “Este é o diferencial do Ronda. Ao longo deste tempo, nos consolidamos como parceiros das comunidades, sendo referência para comerciantes, consumidores e população em geral, a partir do momento em que quebramos paradigmas, mostrando que é possível fazer segurança e prevenir a violência além da forma tradicional”, afirma o superintendente do Ronda no Bairro, coronel Cícero Silva.

EFETIVO OPERACIONAL – Atualmente, são oito guarnições por turno atuando a pé, de moto e de viatura no Centro de Maceió; sete patrulhas no Jacintinho por turno; 14 na Orla por turno; e 7 no Benedito Bentes, também por turno, somando, então, 25 agentes por turno no Centro; 22 no Jacintinho; 44 na Orla e 25 no Benedito Bentes.

SOCIAL - Além das atividades operacionais, com as patrulhas nas ruas das 6h da manhã às 14h30 e das 14h30 às 22h30, o Ronda no Bairro atua também na assistência e acolhimento à população em vulnerabilidade social, através de sua Equipe de Articulação e Mobilização Social, formada por psicólogos e assistentes sociais.

“Realizamos diariamente buscas ativas, quando conversamos com as pessoas em situação de rua, aconselhamos e tentamos convencer a receber o acolhimento. Registramos, só no ano passado, quase 500 atendimentos. É um número significativo”, destaca a chefe da equipe Social, psicóloga Áurea Vasconcelos.

Ela acrescenta que o Ronda atua também na identificação de deficiências em espaços públicos de convívio e articula junto aos demais órgãos e instâncias do Poder Público a melhoria dessas áreas. “Por isso, sempre realizamos atividades educativas e de lazer, como o Ronda Cultural, com nossa banda de música, ou com nossos Patrulheiros Mirins, nesses espaços, para que a população volte a ocupá-los”, completa a psicóloga.

NOVIDADE – Ainda neste mês de janeiro, uma nova modalidade de policiamento vai iniciar suas atividades no território Orla: as patinetes. Serão duas guarnições por turno fazendo o patrulhamento, com quatro agentes de proximidade em cada uma delas. “O lançamento da modalidade aconteceu junto com a expansão para o Benedito Bentes e agora, efetivamente, vamos com as equipes para as ruas”, destaca o coronel Silva.
Nestes quatro anos, então, só temos a agradecer ao governador Renan Filho por colocar em prática o projeto do Ronda do Bairro e dar total apoio às ações desenvolvidas pelos nossos agentes de proximidade, assim como temos que agradecer também aos secretários Kelmann Vieira, de Prevenção à Violência, e Alfredo Gaspar de Mendonça, da Segurança Pública, por nos proporcionar condições para a realização do trabalho em si, e aos nossos colaboradores, de cada setor do Ronda, pela dedicação e empenho em suas funções”, finaliza o superintendente. 











alagoas.al.gov.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

75.6%
24.4%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp