05/01/2022 às 10h44min - Atualizada em 05/01/2022 às 10h44min

Vereadores continuam fazendo farra do dinheiro público

- deolhoalagoas.com.br
Galba Netto - "O" presidente da CMM - Imagem por: Reprodução
Os vereadores da Câmara Municipal de Maceió (CMM) aprovaram um pacote de bondades, de uma só tacada, no último dia de 2021.
 

No apagar das luzes e, de uma lapada imoral só, os nobres representantes do povo maceioense conseguiram entregar um verdadeiro presente de "GREGO" como forma de darem boas vindas ao ano de 2022. Vejam abaixo:

Aumentaram a Verba Indenizatória de Atividade Parlamentar (VIAP) de R$ 11.500 para R$ 15 mil;

Aumentaram em mais de R$ 6 mil suas verbas de gabinete; e,

Para não perderem o costume de atirarem com pólvora alheia, criaram mais 25 cargos para à Mesa Diretora.
Ah! Nao bastasse a "relevância" das aprovações mencionadas para os municípes, sofredores e pagadores de impostos da capital dos alagoanos, os "senhores necessitados", ainda aprovaram o 13º salário.

 


Vale salientar, que os servidores da casa não sentem o cheiro de "dindim" relativo a aumento há três anos, mas isso não serviu de obstáculo para que o "Modus Operandi" entrasse em ação e fosse concretizado o pacote de bondades no silêncio da sessão plenária.

Indignação

Segundo o atuante Alesandro Fernandes, os vereadores mais uma vez demonstraram o quanto estão preocupados com a nossa população, agindo sempre da mesma forma e com requintes de puro deboche em um momento tão complicado, temeroso e de incertezas na  economia, não só de Maceió, mas de todo país.

“Será que Maceió, uma cidade com tantas desigualdades sociais, comporta esse tipo de benesses?”, questionou Alesandro Fernandes, vice-presidente do Sindicato dos Servidores da Secretaria de Saúde do Município de Maceió (Sindsaúde).

O sindicalista acredita que os investimentos seriam bem mais proveitosos em outras áreas, como saúde e educação.

“Será que isso vai trazer algum benefício para a população? Os servidores da Câmara estão há três anos sem reajuste, com seus salários apertados, mas o órgão aumenta o duodécimo”, reforçou Alesandro Fernandes, em tom de indignação.

Ele lembrou que a Prefeitura de Maceió já anunciou o aumento do IPTU. “E nós pagaremos a conta”, finalizou.

Hoje, a mesa é comandada pelo presidente, vereador Galba Netto (MDB); primeira vice-presidente, Silvânia Barbosa (PRTB) e segunda vice-presidente Gaby Ronalsa (PSDB).

Compõe ainda a mesa o 1° secretário, Marcelo Palmeira (PSC); o 2º secretário, Siderlane Mendonça (PSB).

Sinceramente!


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

75.6%
24.4%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp