27/08/2021 às 11h43min - Atualizada em 27/08/2021 às 11h43min

TJ aposenta juíza compulsoriamente por baixa produtividade

Os desembargadores do Órgão Especial do Tribunal de Justiça de Mato Grosso determinaram, em sessão na tarde desta quinta-feira (30), a aposentadoria compulsória da juíza Flávia Catarina Oliveira de Amorim Reis por “baixa produtividade”.

Oito dos 13 desembargadores do Órgão Especial votaram pela aposentadoria compulsória, quatro pela disponibilidade (afastamento) por dois anos e um pela censura.
Com a decisão, ela deixa de trabalhar, mas receberá aposentadoria proporcional ao tempo de serviço. Flávia Catarina ingressou na magistratura há 33 anos. Atualmente ela estava na Vara de Execução Fiscal da Capital.
 










fonte:direitonews
 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp