15/04/2021 às 23h02min - Atualizada em 15/04/2021 às 23h02min

Prefeitura de Maceió monta operação emergencial para amparar famílias desabrigadas

Quatro escolas municipais foram designadas para fazer o acolhimento temporário das famílias desabrigadas

Manuella Rithyane, com assessoria
Gazeta Web
Por: Edvan Ferreira
A Prefeitura de Maceió estabeleceu uma operação emergencial entre as secretarias para resguardar famílias desabrigadas em função das fortes chuvas que atingiram a capital nos últimos dias. Nesta quinta-feira (15), quatro escolas municipais foram designadas nos bairros do Benedito Bentes, Jacintinho, Feitosa e Chã da Jaqueira para fazer o acolhimento temporário das famílias desabrigadas.
 

“Nós estamos trabalhando em forma de alerta em diversas áreas da cidade e colocando as equipes para atender às ocorrências através do 199 da Defesa Civil. Vamos dar andamento, de maneira emergencial, à desobstrução das galerias para diminuir os alagamentos e garantir a assistência a quem precisar”, assegurou o coordenador do Programa Previne Maceió, Francisco Sales.

Previne Maceió

O Programa Previne Maceió leva ações de prevenção e informação, além de advertir a população sobre possíveis danos provocados pelas chuvas. A ação das equipes nas ruas é para tentar minimizar ao máximo os danos provocados durante a quadra chuvosa, prevista entre os meses de março a agosto.
 

O coordenador do Programa Previne Maceió, o secretário de Governo, Francisco Sales, uniu as secretarias municipais para atender às demandas da população nas ruas. A operação de atendimento conta com integrantes da Secretaria Municipal de Educação (Semed), na viabilização dos espaços para acolhimento; da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) para realização de teste de Covid-19 e atendimentos médicos.

E ainda dispõe da Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Urbano (Semscs); e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente (Sedet), além das secretarias que integram o Previne Maceió. Tudo para prestar um pronto atendimento a quem mais precisa neste momento.

Conforme o secretário de Assistência Social, Carlos Jorge da Silva, nesse período de chuvas, a Assistência Social fica responsável em acolher as famílias desabrigadas. "Estamos recebendo os encaminhamentos da Defesa Civil, dando continuidade também aos atendimentos pós-abrigamento, com os serviços do Cadastro Único, Aluguel Social e outros benefícios socioassistenciais. Também disponibilizamos seis veículos para auxiliar nos serviços da Defesa Civil”, pontuou Carlos Jorge.

 

Confira como será distribuídos os pontos de apoio em Maceió:

  • As escolas Maria José Carrascosa, no Poço;
  • Escola Nise da Silveira, no Benedito Bentes;
  • Escola Kátia Assunção, no Jacintinho;
  • Escola Sérgio Luís Pessoa Braga, na Chã da Jaqueira, receberão as famílias atingidas pelas chuvas dessas regiões.
  • A Escola Kátia Assunção ficará exclusiva, para casos positivo de Covid-19.

Segundo a diretora de Proteção Social Especial, Tatiana Bóia, “as famílias que não têm casa de familiar para ir serão acolhidas nesses abrigos provisórios. Antes de irem para essas unidades de acolhimento, os usuários serão testados para a Covid-19."

As famílias que foram para casa de parentes, ainda de acordo com Tatiana Bóia, “continuam sendo acompanhadas pela Semas, sendo providenciados algum tipo de benefício eventual, como cestas básicas para auxiliar nesse momento difícil."

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp