09/04/2021 às 15h21min - Atualizada em 09/04/2021 às 15h21min

Marcelo Tadeu diz que morte de Kleber Malaquias foi QUEIMA DE ARQUIVO

Juiz Aposentado diz que sofreu bullying institucional

Juiz aposentado Marcelo Tadeu exerceu com bravura e dignidade por 25 anos a magistratura

 
 
 
Em entrevista concedida com exclusividade ao DDD82, Marcelo Tadeu, revelou a Jornalista Jal Magalhães que nos últimos dias como magistrado sentiu “NOJO” em pertencer ao Poder Judiciário. Outro ponto intrigante foi em relação à morte do empresário Kleber Malaquias no ano passado em Rio Largo, onde literalmente afirmou que foi um crime de mando e QUEIMA DE ARQUIVO.
 
Tadeu declarou ainda que o delegado-geral da Polícia Civil do estado de Alagoas, Paulo Cerqueira, não estava sozinho na empreitada criminosa que vitimou o advogado 
Nudson Harley.




Carteira de identificação do advogado Nudson Harley Mares de Freitas, morto no dia 3 de julho de 2009, em Mangabeiras — Foto: Reprodução/TV Globo



 
 
LEMBREMOS ACERCA DA EXECUÇÃO DE KLEBER MALAQUIAS EM JULHO DE 2020









 
O empresário Kleber Malaquias foi assassinado na tarde desta quarta-feira (15), no bairro Mata do Rolo, em Rio Largo. Ele estava em um lugar conhecido como “bar da buchada”, quando foi atingido por disparos de armas de fogo.


Malaquias era conhecido pelas denúncias que fazia nas redes sociais contra políticos e gestores. E segundo Rocha Lima, comandante do 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM), o suspeito fugiu em um carro Volkswagen Gol preto.


Quando o empresário foi ao banheiro, um indivíduo, que estava sentado com outras duas pessoas em uma mesa, seguiu Malaquias até o banheiro e efetuou os disparos, que atingiram a cabeça e o peito do empresário.  crime aconteceu por volta das 17 horas.


No local do crime, a polícia encontrou munições de calibre .40 deflagradas. As duas pessoas que estiveram na mesma mesa que o suspeito foram abordados pela PM e encaminhados à delegacia para prestar depoimento.


Histórico


Em setembro do ano passado(2019), em Boletim de Ocorrência (B.O.) na Polícia Civil de Alagoas, o empresário afirmou que afirmando que foi agredido, humilhado e ameaçado de morte sob a mira de uma pistola. Segundo ele, tudo aconteceu em Rio Largo e teria motivação política.


Conhecido como ‘Bode Rouco’, Kleber publicava vídeos nas redes sociais com as denúncias e chegou a testemunhar em um processo que investigava a tentativa de homicídio ao juiz Marcelo Tadeu.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp