05/04/2021 às 21h38min - Atualizada em 05/04/2021 às 21h38min

Professor suspeito de assediar duas alunas alega que estava sob efeito de álcool

Polícia informou que o acusado será indiciado e o inquérito do caso será enviado do Ministério Público de Alagoas (MP/AL)

Rayssa Cavalcante
Gazeta Web
Em depoimento nesta segunda-feira (5), o professor acusado de assediar sexualmente duas alunas de 11 e 13 anos confessou o crime e alegou que estava sob efeito de álcool. A informação foi divulgada pelo Chefe de Operações da Delegacia de Crimes Contra a Criança e o Adolescente, Alan Valber.
 

O professor, de 38 anos, é acusado de enviar mensagens de cunho sexual às vítimas. Em uma das mensagens, o acusado chega a questionar se a estudante já teria feito sexo com um adulto. Segundo a Delegacia dos Crimes contra a Criança e o Adolescente da Capital (DCCCA), a menina foi até a delegacia para denunciar o caso acompanhada dos pais.

Ainda de acordo com o Chefe de Operações da Delegacia de Crimes Contra a Criança e o Adolescente, dois aparelhos celulares do suspeito foram apreendidos e serão encaminhados ao Instituto de Criminalística (IC) para ser periciado.

Alan Valber também informou que o professor será indiciado e o inquérito do caso será enviado do Ministério Público de Alagoas (MP/AL).


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp