09/03/2021 às 19h49min - Atualizada em 09/03/2021 às 19h49min

Bares da capital optam por pausar atividades após decreto restringindo horários de funcionamento

Estabelecimentos descreveram dificuldades em manter operações no horário estabelecido, que exclui os fins de semana; Abrasel/AL analisa a situação

Luan Oliveira
Gazeta Web
FOTO: Cláudia Leite/ Ascom Semtel
Bares da capital alagoana estão decidindo fechar as portas por tempo indeterminado após o anúncio de medidas mais restritivas para os estabelecimentos no estado. A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Alagoas (Abrasel/AL) afirma ainda não ter uma estimativa do número de estabelecimentos que optaram pelo fechamento, mas muitos são os anúncios nas redes sociais.

Um dos maiores bares da capital, o Maikai, anunciou que não irá funcionar pelos próximos dez dias. O estabelecimento divulgou nas redes uma nota em que dizia que o novo horário tornou “inviável manter o Maikai aberto nesse período”. O Tanque Cheio, outro grande estabelecimento localizado na parte alta de Maceió, pausou o atendimento presencial por tempo indeterminado, mas não esclareceu se por motivos de natureza financeira.

 

“Somos um lugar noturno, as pessoas vêm para cá à noite”, diz Brandão Junior, proprietário do Maikai, para quem o horário restrito foi decisivo para o fechamento. “Conversei com outros colegas, vários tomaram a mesma decisão”.

O fato de o decreto ter sido divulgado durante a noite dificultou a capacidade do setor em dialogar com o governo, segundo Brandão. Articulações estão sendo feitas na tentativa de permitir o funcionamento durante os fins de semana.

Estabelecimentos populares entre jovens, como o Lorde Nelson Pub e o Spoilers Bars também fizeram anúncios semelhantes. O primeiro afirmou estar “fragilizado emocionalmente e economicamente” e não via outra opção para o momento.

A decisão também foi tomada por estabelecimentos menores, que atendem públicos de bairros. Procurada, a Abrasel/AL afirmou que está fazendo levantamentos sobre a situação e entrando em contato com proprietários de bares.



 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

73.2%
26.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp