22/02/2021 às 09h33min - Atualizada em 22/02/2021 às 09h33min

Prisão em flagrante de empresário que atirou em garçons é convertida em prisão preventiva

Por Redação/Já é Notícia
Empresário que atirou contra garçons no Frânces - Foto: Divulgação

Em decisão da juíza plantonista Marclí Guimarães de Aguiar a prisão em flagrante do empresário e agropecuarista Cícero Andrade de Souza, que atirou contra garçons na última sexta-feira, 19, foi convertida em prisão preventiva. A decisão foi proferida neste domingo, 21.

O crime ocorreu após o empresário discutir com garçons em um bar na Praia do Francês, em Marechal Deodoro.

De acordo com a juíza, o empresário confessou o crime de que desferiu os tiros contra as vítimas. Ainda no estacionamento do bar, ele teria efetuado dez tiros, para conseguir fugir do local do crime.

Em sua decisão, a magistrada argumentou que a atitude do agropecuarista demonstra “uma periculosidade incompatível com o convívio em sociedade e nítida sensação de impunidade”.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

70.6%
29.4%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp