08/05/2019 às 12h12min - Atualizada em 08/05/2019 às 12h12min

Após assembleia, Real Alagoas acata proposta de aumento salarial de R$ 20,00

Sindicato colheu votos de rodoviários na manhã desta quarta-feira, na garagem da empresa

- Fonte: Gazetaweb
Ônibus da Real Alagoas saem com atraso nesta quarta-feira FOTO: REPRODUÇÃO/ TV GAZETA

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Alagoas (Sinttro/AL) deu continuidade, nesta quarta-feira (8), à rodada de assembleias na garagem das empresas de ônibus do transporte público de passageiros da capital alagoana. Hoje, foi a vez da Real Alagoas, cujos rodoviários acataram a proposta de aumento salarial de R$ 20,00 oferecida pelos empresários. 

Independentemente do resultado da votação, o sindicato precisa ouvir mais outra empresa para, em seguida, definir as deliberações. A categoria decidiu por indicativo de greve, alegando defasagem salarial e retirada de direitos dos trabalhadores.  

 

Devido às assembleias, os ônibus só saíram da garagem, para circular na capital alagoana, às 07h30.

Às 5h, houve a primeira chamada e, às 6h, a segunda. Na assembleia, o primeiro momento foi um diálogo com os profissionais para mantê-los informados acerca da mobilização sindical e, posteriormente, os votos sobre a proposta oferecida pelos empresários. 

Os donos das empresas ofereceram um reajuste de 1,74% de aumento salarial, o que equivale a R$ 20,00 a mais no salário-base. Para o sindicato, no entanto, o valor está bem abaixo do que se espera, ou seja, os profissionais querem um reajuste de 5% acrescido de outro reajuste no ticket-alimentação. 

As assembleias têm continuidade nesta quinta (9), na garagem da São Francisco. Ontem, os rodoviários da Cidade de Maceió decidiram acatar - por unanimidade - a proposta do empresariado e, na segunda (6), os rodoviários da Veleiro acataram parcialmente o que foi proposto. 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

73.2%
26.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp