19/12/2018 às 11h58min - Atualizada em 19/12/2018 às 11h58min

Representantes da empresa Equatorial Energia, em busca de soluções para diminuir os prejuízos aos consumidores do Litoral Norte.

Equatorial diz que em virtude da falta de recursos da Ceal (empresa anterior) não pôde efetuar contratos ou compra de materiais para assegurar manutenções na região

AlaNorte Notícias
AlaNorte Notícias
 

Os Prefeitos de Porto de Pedras e São Miguel dos Milagres, se reuniram com Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL) e representantes da empresa Equatorial Energia, em busca de soluções para diminuir os prejuizos aos consumidores do Litoral Norte. 

“A problemática vem desassossegando os moradores da região, principalmente quem trabalha diretamente com o turismo e isso afeta a população em geral porque quase todas as famílias, de uma forma ou de outra, vivem dele. Então reunimos os representantes das prefeituras e da empresa que há pouco assumiu o fornecimento de energia em Alagoas, para que uma solução seja encontrada. Estamos, dessa forma, protegendo o direito do cidadão enquanto consumidor porque o Minsitério Público trabalha com visão coletiva”, informa Ary Lages.

Em reunião se discutiram  o detalhamento da queda constante de energia na região ; visando ainda traçar planos para melhoria no fornecimento de energia e ainda buscar soluções permanentes e não provisórias para o problema em questão.

A Equatorial alega que será necessário fazer estudos técnicos podendo assim  melhorar o fornecimento de energia na região norte de Alagoas. afirmar ainda que sera substituido transformadores, caso seja necessário.

Salientando aos donos de pousadas e condominios que, em caso de construções de pousadas e condominios os responsáveis avisassem com antecedência à empresa, para que seja feito levantamento de viabilidade.
Equatorial diz que em virtude da falta de recursos da Ceal (empresa anterior) não pôde efetuar contratos ou compra de materiais para assegurar manutenções na região. 

Presente a reunião o promotor Ary Lages, a prefeita de Passo de Camaragibe, Edvânia Farias Câmara, o prefeito de Porto de Pedras, Carlos Henrique Vieira de Vasconcelos, representando o prefeito de São Miguel dos Milagres, o procuredor-geral do município, Henrique Batista, e o secretário de infraestrutura, habitação e obras, Kenny Wilson e representante da Equatorial. Será marcada uma nova reunião, ainda a ser definida, na conituidade de encontrar uma solução para região.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

72.5%
27.5%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp