20/06/2019 às 18h05min - Atualizada em 20/06/2019 às 18h05min

Marx protocola requerimento e solicita investigação de Ministério em caso de mortandade de peixes

- Ascom Marx Beltrão
Foto: Ascom Marx Beltrão
 

Diante do desastre ambiental que resultou em milhares de peixes mortos na Lagoa Manguaba em Marechal Deodoro, o deputado federal Marx Beltrão (PSD) protocolou nessa quarta-feira (19) em Brasília um requerimento de informações destinado ao ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles. No requerimento o deputado solicita que o organismo informe a “possibilidade de instauração de processo no âmbito do Executivo federal para a apuração dos causadores desta mortandade e seus impactos”.

O deputado reforçou no pedido que o caso ocorreu no Complexo Estuarino Lagunar Mundaú Manguaba, “um patrimônio natural do país”. “Estudos de pesquisadores da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e da Universidade Federal de Alagoas (UFAL) indicam que o CELMM é um dos mais importantes ecossistemas do Estado de Alagoas, da região Nordeste e mesmo do Brasil”, afirma Marx na justificativa do requerimento.

No documento protocolado ao ministro do Meio Ambiente, Beltrão também questiona “como funciona e como se dará o processo de responsabilização dos possíveis responsáveis pela mortandade em massa de peixes, de diversas espécies, em Alagoas”. Novamente referindo-se ao fato de a mortandade de peixes ter ocorrido no CELMM, Beltrão alega que “quaisquer agressões a este ecossistema necessitam de apuração e responsabilização urgente por parte do Poder Público, inclusive e principalmente no âmbito da União”.

Milhares de peixes apareceram mortos na Lagoa Manguaba, em Massagueira, na cidade alagoana de Marechal Deodoro, na manhã de domingo (16). Ainda não se sabe as causas desta mortandade. Na ocasião, muitos pescadores estiveram no local para apanhar os animais, sendo que alguns estavam debilitados e, segundo os próprios pescadores, tais peixes estariam sofrendo por falta de oxigênio. No dia posterior, segunda-feira (17), equipes do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA/AL) e da Prefeitura de Marechal Deodoro recolheram amostras de água da lagoa Manguaba para investigar a causa da mortandade de peixes.

Ascom Marx Beltrão


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

73.2%
26.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp