04/06/2019 às 16h56min - Atualizada em 04/06/2019 às 16h56min

Bebidas alcoólicas fora do prazo da validade são apreendidas em depósito em Igreja Nova, AL

Material foi confiscado durante operação do MP para evitar venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos. Dono de estabelecimento foi levado para a delegacia.

- Fonte: G1 AL
Algumas bebidas apreendidas em depósito no município de Igreja Nova, AL, estavam vencidas desde janeiro de 2018 — Foto: Divulgação/MP-AL
 

Várias bebidas alcoólicas foram apreendidas fora do prazo de validade em um estabelecimento comercial no município de Igreja Nova, região do Baixo São Francisco de Alagoas. A informação foi divulgada na tarde desta terça-feira (4) pelo Ministério Público do Estado (MP-AL).


A quantidade de bebidas apreendidas não foi informada, mas o MP afirma que foram centenas. Algumas delas estavam vencidas desde janeiro de 2018.


O material foi confiscado durante uma operação da Promotoria de Justiça da cidade nos estabelecimentos comerciais para coibir venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos.


A medida foi adotada devido ao aumento do número de ocorrências com menores alcoolizados no município. Na ocasião, a qualidade das bebidas dos estabelecimentos também foi verificada.


"Descobrimos que 80% do estoque de um determinado depósito estava com prazo de validade vencido, ou seja, quase nada estava próprio para consumo. Isso também é crime, inclusive, contra a relação de consumo, uma vez que pode acarretar doenças naquelas pessoas quem ingerirem esse tipo de bebida, sem contar a inexistência de Notas Fiscais", contou o promotor, Paulo Henrique Prado.


De acordo com o MP, o dono do estabelecimento foi levado à delegacia de Igreja Nova para prestar esclarecimentos.


"O proprietário do lugar também não nos mostrou a nota fiscal de compra dos produtos, no que pese termos pedido a documentação relativa aos aguardentes e as cervejas. Se a nota não aparecer, ele poderá responder por crime contra a ordem tributária", falou o promotor.


As bebidas apreendidas devem ser incineradas. A ação contou com o apoio da Polícia Militar (PM-AL) e da Vigilância Sanitária.


"A ideia era conscientizá-los sobre o que diz a lei, que prevê pena de prisão e multa para quem pratica esse tipo de crime [venda de bebida alcoólica a menores de idade]. Visitamos muitos locais e acho que o pessoal entendeu a nossa mensagem", disse o promotor.



Bebidas alcoólicas apreendidas em Igreja Nova, AL, estavam fora do prazo de validade — Foto: Divulgação/MP-AL

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

73.2%
26.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp