21/01/2022 às 07h16min - Atualizada em 21/01/2022 às 07h16min

SEDUC IMPLANTA CARDÁPIO ESPECIAL NAS ESCOLAS INDÍGENAS DE ALAGOAS

Uma das grandes novidades para o ano letivo de 2022 da rede estadual de ensino é o novo cardápio da merenda escolar construído exclusivamente para atender a cultura alimentar dos estudantes indígenas. A Secretaria de Estado da Educação (Seduc), por meio do Núcleo de Nutrição Escolar, ouviu os gestores das dezessete escolas indígenas da rede estadual para entender quais os hábitos alimentares dos alunos e conhecer as preparações mais comuns em cada aldeia.

Dessa forma, o novo cardápio foi adaptado de acordo com as preferências de consumo dos estudantes, com um predomínio maior de preparações cozidas e forte presença de frutas e raízes. A principal particularidade será o munguzá salgado, o prato tradicional entre os nativos foi um pedido de adição ao menu escolar. Toda essa mobilização busca respeitar os hábitos alimentares e culturais das aldeias, assim como assegurar a disponibilização de refeições nutricionalmente adequadas nas escolas e o amparo aos alunos em vulnerabilidade social.

“Respeitar e dar subsídios à cultura indígena em diversas esferas é extremamente importante para os povos indígenas e sociedade como um todo. Com a alimentação escolar não poderia ser diferente! Ouvimos os gestores dessas escolas e buscamos construir um cardápio que fosse funcional e característico dos seus hábitos alimentares e cultura. É um direito deles e dever nosso, contribuir com a perpetuação dos seus hábitos”, pontuou a Nutricionista e Supervisora de Programas e Projetos do Núcleo de Nutrição Escolar, Raquel Vasconcelos.

O cardápio já foi implantado nas unidades de Educação Escolar Indígena e entra em vigor no primeiro dia do ano letivo. Os gestores escolares podem acessar o cardápio e os documentos orientadores em www.escolaweb.educacao.al.gov.br/pagina/alimentacao-escolar.

Mais Merenda

Os investimentos do Governo de Alagoas na Educação abrangem também os reforços na alimentação escolar. Com o Programa Mais Merenda, o Estado garantiu um repasse financeiro complementar, que triplicou o valor dos recursos para a aquisição de alimentos nas unidades escolares da Rede Estadual de Ensino. Além de triplicar a merenda, o programa proporcionou a aquisição de 150 caminhões frigoríficos, que são destinados ao auxílio no armazenamento e distribuição dos alimentos nas escolas.






alagoas.al.gov.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

75.6%
24.4%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp