04/01/2022 às 08h43min - Atualizada em 04/01/2022 às 08h43min

Primeiro maceioense nascido em 2022 recebe visita da secretária de saúde

Willian Henrique veio ao mundo às 2h55 do 1° dia do ano na Maternidade Nossa Senhora da Guia

O primeiro maceioense nascido em 2022 recebeu a visita da secretária municipal de Saúde, Célia Fernandes, na tarde de domingo (2). Willian Henrique da Silva nasceu às 2h55 do dia 1° de janeiro, de parto normal, na Maternidade Nossa Senhora da Guia, no Poço. Primeiro filho do casal Airis Karine, 21, e Wesley Silva, 20, o bebê nasceu saudável, com 47cm e 2.980kg.

A mãe de Willian, Airis Karine, informou que fez o pré-natal na Unidade de Saúde da Família (USF) Dr. Dídimo Otto Kummer, no Benedito Bentes, bairro onde mora. Ela contou que. durante a gravidez, esteve sob os cuidados da enfermeira Adriana Purificação e da médica Luciene de Omena.

Nas redes sociais, Airis Karine registrou a chegada de Willian. "Serei lobo, o que for preciso, para te proteger, filho!". Willian e Karine receberam alta nesta segunda-feira (3) e encontram-se em casa.
Durante a visita, a secretária Célia Fernandes segurou Willian no colo, conversou com os pais do bebê e destacou a importância fundamental do acompanhamento pré-natal para a saúde das mães e dos bebês.

"É gratificante ver as mães felizes e saudáveis, amamentando seus bebês no dia seguinte ao parto. A gestão do prefeito JHC tem dado prioridade absoluta ao acompanhamento pré-natal e perinatal das mulheres de Maceió, fortalecendo a rede de cuidados. A implantação do Corujão da Saúde é uma dessas medidas, ampliando as possibilidades de atendimento às mulheres que trabalham ou cuidam da família durante o dia. Temos outros projetos para melhorar ainda mais o acesso dos maceioenses aos serviços de Saúde", afirma a secretária.
Na mesma enfermaria onde estava Willian, encontrava-se Yara Sophia, que nasceu no final da manhã do dia 1°, também de parto normal. O bebê é a 5ª filha do casal Rosenilda e José Paulo da Silva Neris e veio ao mundo com 3.595kg.






secommaceio


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

75.6%
24.4%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp