21/12/2021 às 08h50min - Atualizada em 21/12/2021 às 08h50min

DEPOIS DE UM MÊS DESDE A VIRADA DE CHAVE, HOSPITAL REGIONAL DO NORTE REALIZA MAIS DE 13 MIL ATENDIMENTOS

Unidade é de porta aberta e conta com urgência e emergência 24 horas

O Hospital Regional do Norte (HRN), em Porto Calvo, realizou 13.309 atendimentos entre urgência, emergência, centro de referência e exames laboratoriais em apenas um mês desde a virada de chave, que ocorreu no dia 20 de novembro durante o Governo Presente. Esta virada significa que o hospital deixou de atender exclusivamente pacientes acometidos pela Covid-19 e passou a ser unidade de porta aberta, com urgência e emergência 24 horas por dia, além do Centro de Referência.

Foram realizados 1.267 atendimentos de urgência e emergência, entre atendimento clínico, pediátrico e ortopédico. Já com relação à assistência prestada no Centro de Referência, totalizaram 1.991 atendimentos, incluindo cirurgias, exames de ultrassonografia (USG), Raio-X, tomografia, eletrocardiograma (ECG) e consultas médicas nas áreas vascular, ortopédica, vascular e anestésica. Por fim, foram realizados 10.051 exames laboratoriais. 

O Centro de Referência do HRN faz parte da ampliação do hospital e, consequentemente, da assistência médica especializada para a população de mais de 166 mil moradores dos municípios de Porto Calvo, Jacuípe, Japaratinga, Maragogi, Matriz de Camaragibe, Passo do Camaragibe, Porto de Pedras, São Luiz do Quitunde e São Miguel dos Milagres. O Centro de Referência fica localizado em um prédio anexo ao HRN e assegura diagnósticos precisos com atendimentos médicos especializados e exames de imagem e laboratoriais.

O Secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, comemora o número de atendimentos. “Com o HRN em pleno funcionamento, pessoas de oito interiores do Estado não precisam viajar tantos quilômetros para que tenham acesso à saúde pública. Além disso, estamos desafogando o HGE [Hospital Geral do Estado], um dos principais objetivos na nossa gestão”, afirma Ayres.

O diretor do HRN, José Ribeiro Neto, destacou a importância desta mudança no perfil assistencial do HRN depois de um ano atendendo exclusivamente pacientes acometidos pelo novo coronavírus. “Ao longo desse um ano voltado para a Covid-19 percebemos a necessidade de um equipamento como este, e as expectativas foram mais que superadas, porque vivíamos um vazio assistencial na região norte”, afirma o diretor.

“Os números traduzem a importância do HRN para a região. O tempo resposta e a resolutividade dos problemas são os nossos grandes triunfos. E, para os próximos meses, por se tratar de uma região turística, muito procurada nas festas de fim de ano e carnaval esperamos um público de, no mínimo, o dobro do que já atendemos atualmente”, conclui José Ribeiro Neto. 





alagoas.al.gov.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp