06/12/2021 às 08h04min - Atualizada em 06/12/2021 às 08h04min

GOVERNO INICIA OBRAS DE REVITALIZAÇÃO NA ESTRUTURA FÍSICA DO HGE; TAMBÉM SERÃO ADQUIRIDOS NOVOS EQUIPAMENTOS

Secretário Alexandre Ayres acompanhou, neste sábado (4), o começo dos serviços que resultará em melhorias na estrutura física do local

Um sonho que está se tornando realidade. Começou neste sábado (4) as obras de revitalização do maior hospital de Alagoas, o Hospital Geral do Estado (HGE). O secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, foi acompanhar de perto o início das obras de melhoria na estrutura física do local e garantiu que a unidade também receberá novos equipamentos que vão beneficiar a população alagoana.

O HGE mudou o perfil do seu atendimento desde o dia 25 de novembro, quando passou a receber apenas pacientes com casos de emergência. A mudança se deu com o objetivo de reestruturar a Rede de Saúde Pública de Alagoas e desafogar o atendimento da maior unidade hospitalar pública que o Estado possui.

Para isso, estão sendo remanejados os pacientes com perfil de urgência para as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), uma vez que somente a capital conta com seis unidades. Até a última sexta-feira (3), já foram encaminhados para as UPAs 481 casos. Destes, 382 procuraram a unidade hospitalar no plantão diurno (7 às 19h) e 99 no período noturno (19 às 7h).
 

“O planejamento da nossa gestão na saúde priorizou a regionalização dos atendimentos de Média e Alta Complexidade para o interior e, para isso, entregamos três novos hospitais. Além disso, criamos uma Rede de UPAs em Maceió para atendimentos de urgência. Agora, é a vez de revitalizarmos o principal hospital do Estado, o HGE, que, durante anos, foi o único responsável pelos atendimentos e merece uma atenção e cuidado especial da nossa gestão”, disse Ayres.

Desde o último dia 25 de novembro, 1.569 pessoas passaram pela Classificação de Risco do HGE. A Área Azul recebia, antes das alterações do fluxo, em média, 350 pacientes diariamente e quase 10 mil mensalmente. Isso porque, ela era a área de maior fluxo da unidade, com o acolhimento de todos os tipos de patologias, a maioria delas referentes a causas clínicas.

UPAs - Maceió conta com as UPAs Jacintinho, Tabuleiro do Martins, Cidade Universitária e Jaraguá, construídas e mantidas, integralmente, com recursos próprios do Governo do Estado. A capital tem, ainda, as UPAs Trapiche e Benedito Bentes, que foram construídas e equipadas pelo Estado e, posteriormente, entregues à população. Além disso, também está sendo construída a UPA Chã da Jaqueira, que deve ser inaugurada no início de 2022.





alagoas.al.gov.br


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp