23/05/2019 às 14h31min - Atualizada em 23/05/2019 às 14h31min

Dia D da Saúde atende grande número de habitantes de Cajueiro

- Fonte: SESAU
Fonte: Sesau

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesau), com o apoio da Universidade de Ciências de Saúde de Alagoas (Uncisal), levou nessa quarta-feira (22) diversos serviços de saúde para a cidade de Cajueiro. Foi o primeiro Dia D da Saúde realizado este ano no interior, proporcionando atendimento aos usuários do SUS em sua própria cidade.

Foram disponibilizados à população serviços de aferição de pressão, vacinação, testes de glicemia, distribuição de kit bucal, entrega de 41 kits do Programa Dose Certa, com medicamentos que abastecem a Atenção Básica. Muitos moradores foram atendidos no estande da saúde, no Centro da cidade.

De acordo com a assessora técnica da Sesau, Isvetlana Barros, foram disponibilizadas, ainda, consultas especializadas na área de ginecologia, além de marcação de consulta nas especialidades de proctologia, urologia, dermatologia e oftalmologia. O atendimento ocorrerá a partir da próxima semana na Uncisal.
 

“A parceria com a Uncisal é essencial para o avanço da assistência e acessibilidade de serviços de saúde a toda população do Estado”, destacou Isvetlana.


Outras cidades do interior, segundo ela, serão contempladas com  os serviços do Dia D da Saúde ainda este ano.

Presente ao local de atendimento, o prefeito Palmery Neto agradeceu o apoio da gestão estadual. O evento coincidiu com a comemoração da Emancipação Política de Cajueiro. “Com o trabalho conjunto entre estado e município estamos conseguindo melhorar a vida dos cidadãos do nosso município e da Região do Vale do Paraíba”, disse o prefeito.  

A jovem Patrícia da Silva aproveitou e levou os cinco filhos para a tenda da saúde montada na praça. “Meus filhos aprenderam sobre como escovar os dentes de forma correta, sobre o mosquito da dengue e ainda atualizaram as vacinas. Foi ótimo”, declarou a mãe.

Também residente no município, Laís da Silva trouxe sua filha para o evento e gostou das informações que recebeu, através da técnica de Prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis da Sesau, Simone Mazoni. “Pude aprender muita coisa, inclusive sobre amamentação e prevenção de doenças como sífilis e hepatite”, falou.

Já a pequena Daniela dos Santos, de 10 anos, fez questão de falar sobre sua experiência com entusiasmo. “Aprendi muito e pude ver adultos chorando ao tomar vacina”, destacou a pequena.

Na unidade de saúde do Programa Saúde da Família Ligia Toledo, as consultas ginecológicas foram realizadas com a presença de quatro médicos – três dele residentes de ginecologia – e do supervisor geral da Santa Mônica, médico ginecologista Antônio Viana. O profissional explicou que foram realizados 24 exames nas mulheres da região.
 

“Além dos exames ginecológicos foi realizada uma triagem para atendimento especializado em Maceió, já a partir da próxima semana”, reforçou o médico.


O atendimento nas especialidades de proctologia, urologia, dermatologia e oftalmologia ocorrerá na Uncisal, em Maceió.  


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

73.2%
26.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp