10/09/2021 às 11h34min - Atualizada em 10/09/2021 às 11h34min

Farra do Aluguel: Sem licitação vereadores de Maceió gastam com aluguel de frigobar a sofá

Alan Balbino paga R$ 2.500,00 mensal por notebook

Alan Balbino

 

 

 

Em tempos de crise e de pandemia não fizemos análise da índole e do caráter dos vereadores de Maceió. Observamos e criticamos o desrespeito com a sociedade e com o recurso público. Tempos diferentes, de quase 600 mil mortes no Brasil, de hospitais superlotados e os edis gastando nosso dinheiro em mordomias e banquetes que não trazem nenhum benefício para a sociedade.

 

 

Imagine você que está passando por dificuldades financeiras, está desempregado, você que é comerciante, empreendedor, e está com seu negócio fechado ou em crise e não consegue ajuda financeira. Para você também que fez todo tipo de ajuste em sua vida para se adequar à nova realidade, no limite e mais trágico, você que perdeu alguém que ama para este vírus devastador. Como se sente diante de parlamentares que ao invés de dar o exemplo, gastam nosso dinheiro em verdadeiros banquetes com direito a filé de salmão, filé de camarão, filé mignon.

 

Tem refeição em churrascaria que custa R$ 710,00, enquanto uma refeição no restaurante popular custa R$ 3,00.

 

O vereador Marcelo Palmeira gasta com aluguel mensal de um sofá R$ 450,00, com máquina de café R$ 350,00, com TV R$ 650,00, com frigobar R$ 250,00.



 

O suplente de vereador Alan Balbino que assumiu o mandato apresentou um projeto de aluguel zero e ele mesmo aluga notebook com dinheiro público, faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço, pura “hipocrisia”.

 

O contribuinte que paga essa conta imoral.

 

Com a palavra os órgãos oficiais de controle.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

73.2%
26.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp