07/09/2021 às 15h03min - Atualizada em 07/09/2021 às 15h03min

AMA acompanha situação de emergência pela estiagem no 38 municípios

A Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) está atenta à situação de emergência em decorrência da estiagem em 38 cidades do estado. Técnicos da AMA estão sempre atualizando as informações e documentos necessários aos coordenadores municipais das defesas civis.

O decreto foi publicado no Diário Oficial da União, na última segunda-feira, dia 30. Com o reconhecimento federal os municípios atingidos podem solicitar recursos do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) para atendimento à população afetada.

“Embora o inverno tenha sido bom em algumas cidades, em outras não foi suficiente para o armazenamento. O tempo chuvoso já acabou e, por essa razão, é necessário abastecer de água potável à população”, afirmou Hugo Wanderley.

A Defesa Civil do Estado encaminhou um plano de trabalho, nesta terça-feira, dia 31, que solicita recursos no valor de R$ 13 milhões para o abastecimento complementar dos citados municípios, visto que a operação pipa do Exército não é suficiente para suprir as necessidades da população.

Através do decreto, os municípios também têm a garantia da continuidade da operação pipa do Exército. As cidades contempladas são:

1-Água Branca
2-Arapiraca
3-Batalha
4-Belém
5-Belo Monte
6-Cacimbinhas
7-Canapi
8-Carneiros
9-Coité do Nóia
10-Craíbas
11-Delmiro Gouveia
12-Dois Riachos
13-Estrela de Alagoas
14-Girau do Ponciano
15-Igaci
16-Inhapi
17-Jacaré dos Homens
18-Jaramataia
19-Major Isidoro
20-Maravilha
21-Mata Grande
22-Minador do Negrão
23-Monteirópolis
24-Olho D`Água das Flores
25-Olho D`Água do Casado
26-Olivença
27-Ouro Branco
28-Palestina
29-Palmeira dos Índios
30-Pão de Açúcar
31-Pariconha
32-Piranhas
33-Poço das Trincheiras
34-Quebrangulo
35-Santana do Ipanema
36-São José da Tapera
37-Senador Rui Palmeira
38-Traipu


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

75.6%
24.4%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp