17/05/2019 às 18h04min - Atualizada em 17/05/2019 às 18h04min

Hélvio Auto confirma seis casos de coqueluche nos quatro primeiros meses do ano

Em 2018, a unidade hospitalar registrou nove atendimentos a pessoas com a doença infectocontagiosa aguda do trato respiratório

- Fonte: Gazetaweb
Hélvio Auto confirma seis casos de Coqueluche em Alagoas FOTO: DIVULGAÇÃO

Dados fornecidos pelo Hospital Escola Dr. Hélvio Auto (HEHA), em Maceió, revelam que seis casos de Coqueluche foram registrados em Alagoas nos quatro primeiros meses do ano. Diferente de 2018, quando a unidade hospitalar registrou nove atendimentos a pessoas com a doença infectocontagiosa aguda do trato respiratório

Referência no tratamento de doenças tropicais, o HEHA informou, ainda, que em 2017 foram notificados nove casos. Destes, apenas dois foram confirmados.

 

A unidade hospitalar também garantiu que o diagnostico para Coqueluche é basicamente clínico. Em grande parte dos casos, exames laboratoriais podem ajudar a determinar a presença da bactéria Bordetella pertussis em amostras da nasofaringe.

Tratamento

Pacientes com coqueluche devem permanecer em isolamento respiratório enquanto durar o período de transmissão da doença. O tratamento é feito com antibióticos e a recuperação costuma ocorrer em até seis semanas. No entanto, principalmente em crianças, a infecção pode evoluir para quadros graves e levar à morte. Em caso de suspeita, o paciente deve procurar o Hospital Escola Hélvio Auto, no bairro Trapiche, em Maceió, que é referência no atendimento às doenças infectocontagiosas

 

 

 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

73.2%
26.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp