19/04/2020 às 17h53min - Atualizada em 19/04/2020 às 17h53min

Maceió: manifestantes protestam pelo fim do isolamento e pedem AI-5

Grupo de pessoas se aglomerou em frente ao Batalhão da Infantaria Motorizado (59º BIMTz), e criticou o STF e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia

internet
Um grupo de pessoas se aglomerou na tarde deste domingo (10) em frente ao 59º Batalhão da Infantaria Motorizado (59º BIMTz), em Maceió, na data em que se comemora do Dia do Exército, para pedir a volta do Ato Institucional nº 5 (AI- 5), aplicado durante a ditadura militar com retirada de direitos civis e ainda o fechamento do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal (STF), além do fim do isolamento social imposto pelo decreto do governador Renan Filho (MDB).
Grande parte dos manifestantes era formada por idosos e alguns com camisetas ligadas a instituições das forças armadas. A Polícia Militar e a Superintendência Municipal de Trânsito (SMTT) foram acionadas para retirar a multidão do local - decreto estadual impede aglomerações devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Alguns manifestantes portavam bandeiras do Brasil, outros vestiam camisas da seleção brasileira. Grande parte dos manifestantes não usava máscara de proteção contra a contaminação da Covid-19 e indicava orientação do presidente Jair Bolsonaro pelo fim da quarentena.

Questionada sobre a manifestação e a posição do comando do batalhão, a assessoria de comunicação do  59º BIMTz informou o "nesses tipos de eventos é com o Centro de Comunicação Social do Exército".
 

fonte/gazetaweb.globo.com


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

72.5%
27.5%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp