28/09/2019 às 09h07min - Atualizada em 28/09/2019 às 09h07min

Infraestrutura desmente Casal sobre despejo de esgoto

Gazetaweb
Foto: Reprodução
Após a situação repercutir na Assembleia Legislativa Estadual (ALE), o secretário municipal de Infraestrutura, Mac Lira, visitou nesta sexta-feira (26) a obra de manutenção na rede de esgoto realizada pela Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) na Rua Abdon Arochelas, na Ponta Verde.

Durante a visita, Mac afirmou que a Prefeitura de Maceió irá formalizar a situação com a Casal e, em seguida, enviará para conhecimento e apuração da Polícia Federal (PF) e dos Ministérios Públicos Federal (MPF) e Estadual (MPE). 

"Fomos solicitados pela empresa prestadora de serviço da Casal, que viéssemos ao local e, ao chegarmos, constatamos que não foram os tubos de drenagem que danificaram a rede de esgoto. Pelo levantamento, já havia rompimento da tubulação de esgoto em na extensão da rede, indo para a galeria de águas pluviais e, consequentemente, para o mar", disse Mac.

De acordo com o secretário, o auto de infração feito pela Secretaria de Desenvolvimento Territorial (Sedet) também fará parte do processo. "Já solicitamos o relatório feito pelos fiscais e assim que a Sedet nos encaminhar oficiaremos aos órgãos competentes", afirmou o gestor.

Ainda segundo o secretário, onde passa a rede de esgoto da Casal, a população pode ver pontos interrompidos. "Dessa região da orla até o final do Santo Eduardo há problemas dessa natureza. Na Amélia Rosa e grandes corredores de transporte, a Casal abre para fazer os reparos e fica o transtorno, comprometendo, inclusive, o pavimento", acrescentou Mac.

O gestor enfatizou que a Prefeitura tem trabalhado há anos para evitar que esgotos desaguem no mar. "É inadmissível que esse tipo de coisa. Nosso propósito é fazer com que tanto a população local quanto os turistas aproveitem as praias urbanas de Maceió, sem esgoto", finalizou o secretário.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que deve ser feito com os prédios abandonados de Maceió que oferecem riscos à saúde pública e à vida das pessoas?

73.2%
26.8%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp